Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • Mudar contraste
  • Acessível por Libras

b_0_200_16777215_00_images_comunicacao_imagens_site_2017_marco_2017_Semana-do-Ouvidor-1.jpgEm comemoração ao Dia Nacional do Ouvidor, 16 de março, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) está promovendo a Semana do Ouvidor. O evento de abertura foi realizado na sede do Tribunal de Contas do Estado do Ceará na segunda-feira (13/3). O ouvidor do Tribunal Regional do Trabalho do Ceara, desembargador Plauto Carneiro Porto, participou do evento.

A abertura do encontro foi feita pela vice-procuradora-geral de justiça, Vanja Fontenele, representando o titular, Plácido Rios. O evento contou com palestra da professora Adísia Sá sobre o tema “O Jornalismo e a Ouvidoria”, e com a secretária de Justiça e Cidadania do Governo do Estado e ex-procuradora-geral de Justiça, Socorro França, que ministrou a palestra “O papel da Ouvidoria na efetivação dos direitos fundamentais”.

Em discurso sobre “A Ouvidoria como facilitadora do acesso do cidadão na fiscalização da prestação de serviços públicos”, a ouvidora-geral do MPCE discorreu sobre a necessidade da interface entre as ouvidorias e demais órgãos do Estado, para aprimorar cada vez mais essa ferramenta que atende à sociedade.

Nesta quinta-feira, 16 de março, a comemoração do Dia do Ouvidor é realizada na Controlodaria-Geral do Estado. Na ocasião, serão premiandos com medalhas as ouvidorias que mais se destacaram em 2016.

O que é Ouvidoria?
A Ouvidoria é um serviço destinado a promover o diálogo entre a comunidade e os órgãos públicos mediante o recebimento de denúncias, reclamações, críticas, dúvidas, sugestões e/ou comentários, visando à eficiência e o aprimoramento dos serviços prestados à população.

Números
Em 2016, foram registradas 2.465 manifestações na Ouvidoria do TRT/CE. Desse número, 2.436 demandas foram resolvidas e arquivadas. No decorrer do ano, a Ouvidoria atuou registrando manifestações de pedidos de informação, pedidos de providência, denúncia, elogio, reclamação e sugestão, via e-mail, telefone, carta, presencialmente e por formulários disponíveis nas urnas das principais entradas da sede e fóruns do Regional.